HMB é a unidade de referência em Barueri para coronavírus

Pacientes que chegam às Unidades Básicas de Saúde e aos prontos-socorros de Barueri com suspeita de Covid-19 e sintomas mais agravados, como insuficiência respiratória, são destinados ao Hospital Municipal de Barueri Francisco Moran (HMB). Lá, em área isolada, são feitos todos os procedimentos e os casos de maior gravidade são internados em leitos intermediários ou de UTI, dependendo do quadro de saúde.


A pandemia do novo coronavírus levou o hospital público de Barueri a realizar diversas adaptações para o atendimento de pacientes com sintomas graves da doença, afinal, é a unidade de referência no município para esses casos.


Um batalhão de profissionais divide-se entre a assistência a todos os casos atendidos no local, que nunca foram poucos, e a essa nova demanda que não para de crescer. São ao menos 600 profissionais da área de enfermagem e 500 médicos trabalhando intensamente em defesa da vida, além de centenas de outros trabalhadores das mais diversas áreas que garantem um acolhimento amplo e o funcionamento completo do equipamento de saúde.


Inicialmente o HMB contava com 38 leitos reservados para o atendimento de pacientes suspeitos de Covid-19, sendo 23 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com todos os equipamentos necessários para o acolhimento, incluindo respiradores, e 15 de enfermaria, destinados aos pacientes considerados de baixa complexidade. Em constante processo de adaptação para atender à crescente demanda por coronavírus, o Hospital está criando mais 62 leitos, totalizando 100 voltados exclusivamente a essa finalidade.


Critérios de segurança

De acordo com o diretor técnico do HMB, Paulo Tierno, a maior dificuldade enfrentada diante desse novo quadro tem sido sanar as dúvidas da população sobre os critérios de atendimento, bem como sobre a indicação do uso de máscaras que, segundo ele, devem ser utilizadas apenas por pacientes suspeitos e por profissionais que lidam diretamente com esses pacientes.


Diante do atual quadro ele considera que todos os colaboradores estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus. “Nossa equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) promoveu palestras para tirar dúvidas sobre o vírus, esclarecer mitos e verdades, indicar o uso correto dos EPIs (equipamentos de proteção individual) e, principalmente, falar sobre o nosso fluxo de atendimento. A iniciativa foi uma medida de orientar nossos funcionários porque precisamos da colaboração e do engajamento de todos os setores”, diz Paulo. Saiba mais sobre as palestras AQUI.





© 2020  Prefeitura de Barueri. Todos os direitos reservados.